Do Mais Brasília

Pfizer/ BioNTech vão fornecer vacinas para atletas da Olimpíada de Tóquio

Primeiras doses serão entregues ainda em maio, para que as delegações recebam a segunda dose antes de desembarcar na capital japonesa

Foto: Eugene Hoshiko/AP

Após chegarem a um acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI), os laboratórios Pfizer/BioNTech anunciaram o fornecimento de vacinas contra a Covid-19 aos atletas e membros das delegações dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

As primeiras entregas de vacinas começarão no fim de maio, para que as delegações recebam a segunda dose antes de desembarcar em Tóquio.

De acordo com o comunicado dos dois laboratórios as delegações também serão imunizadas, o que sugere a inclusão de um grupo importante de pessoas além dos atletas, como técnicos, funcionários de logística e auxiliares.

Os Jogos Olímpicos estão previstos para ocorrer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto deste ano e os Jogos Paralímpicos, entre 24 de agosto e 5 de setembro.

O COI não tornou a vacinação contra a Covid-19 obrigatória, mas a recomenda a todos os participantes.

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida e produzida pela Pfizer e pela BioNTech tem mais de 90% de eficácia e precisa ser armazenada a -70ºC.
Segurança

O presidente do COI, Thomas Bach, afirma que a distribuição de vacinas é “outro instrumento na caixa de ferramentas de medidas que ajudarão a tornar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio-2020 um evento seguro para todos os participantes”.