Da redação
Do Mais Brasília

Autor de denúncia de propina, Dominguetti, presta depoimento na CPI da Covid

A oitiva está marcada para esta quinta-feira (1º/7) , às 9h

Na CPI da Covid, governistas apresentam requerimentos que miram em Estados

A CPI da Covid ouve nesta quinta-feira (1º/7), Luiz Paulo Dominguetti Pereira, representante da empresa de vacinas Davati Medical Supply. O depoimento está marcado para começar às 9h.

Dominguetti afirmou ter recebido pedido de propina de US$ 1 por dose de imunizante em troca de fechar contrato com o Ministério da Saúde. A cobrança teria sido feita pelo então diretor do Departamento de Logística (DLOG) da Pasta, Roberto Dias. O caso foi revelado pela Folha de S. Paulo na última terça (29/6)

A solicitação teria sido feita em 25 de fevereiro, durante um encontro no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal.

Exoneração

Hora após a denúncia feita por Dominguetti, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidiu exonerar o diretor de Logística da pasta, Roberto Ferreira Dias. A medida ocorre em meio a uma denúncia, revelada pela Folha, de que ele teria cobrado propina de um representante de uma vendedora de vacinas.