FolhaPress

Tomás Covas vai fazer estágio no governo de SP a convite de Doria

Tomás foi convidado para a tarefa pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP). ​ A ideia é que ele conheça várias áreas da administração pública

Bruno Covas e o filho, Tomás Covas
Foto: Eduardo Knapp/Folhapress

O estudante Tomás Covas, 16, vai fazer um estágio no governo de São Paulo. Ele é filho do ex-prefeito Bruno Covas, que morreu em maio, aos 41 anos, vítima de um câncer.

Tomás foi convidado para a tarefa pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP).​ A ideia é que ele conheça várias áreas da administração pública, ficando um tempo em cada área.

Tomás tomou gosto pela política devido ao pai, que o levava a diversos eventos partidários e administrativos. Na semana passada, Tomás respondeu a uma agressão do presidente Jair Bolsonaro, que criticou o ex-prefeito por ter ido à final da Libertadores no Maracanã com filho em meio a medidas restritivas por causa da epidemia do novo coronavírus.

“Lamento a fala dita hoje pelo incompetente e negacionista presidente Bolsonaro. Em uma fala covarde hoje durante a tarde, ele atacou quem não está mais aqui conosco, não dando o direito de resposta ao meu pai. Além disso, cumprimos com todos os protocolos no estádio do Maracanã, utilizando a máscara e sentando apenas nas cadeiras permitidas”, afirmou ele em mensagem enviada à coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

“Uma tristeza as agressões vazias do presidente contra meu pai. Não é certo atacar quem não está mais aqui para se defender. Meu pai sempre foi um homem sério e fez questão de me levar ao Maracanã no fim da sua vida para curtirmos seus últimos momentos juntos. Isso é amor! Bolsonaro nunca entenderá esse sentimento”, completou.

Em um vídeo, Doria, ao lado de Tomás, comemorou a notícia. “Que alegria receber receber Tomás Covas, filho do meu querido amigo, o saudoso Bruno Covas. Tomás completa hoje 16 anos. Na semana que vem ele começa a estagiar aqui no Governo de São Paulo. Seu pai, Bruno Covas, certamente está muito orgulhoso de você!”, afirmou o governador.

Matéria escrita por Mônica Bergamo