Da redação
Do Mais Brasília

Luiz Estevão deixa de usar tornozeleira eletrônica e passa para regime aberto

Senador cassado, que estava em prisão domiciliar, passa a ter direito de trabalhar no DF desde que retorne para casa até as 22h

Foto: Reprodução/ Tv Globo

O senador cassado Luiz Estevão obteve progressão para o regime aberto. O empresário também não vai mais precisar usar tornozeleira eletrônica. Vale lembrar que Luiz Estevão cumpria pena em regime semiaberto, e estava estava em casa desde março do ano passado, por ser considerado do grupo de risco para a Covid-19, .

A decisão é da juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal (VEP-DF). A defesa de Estevão foi intimada, na quarta-feira (23/6), para que cumpra os trâmites para fazer valer a progressão de regime.

Nos primeiros seis meses, o ex-senador poderá trabalhar no Distrito Federal, mas deve voltar para casa, no Lago Sul, até as 22 horas. Depois desse período, ele poderá retornar para casa até a meia-noite.

A cada dois meses, Luiz Estevão deve se apresentar na Vara de Execuções das Penas em Regime Aberto (Vepera).

Relembre o caso

Luiz Estevão foi preso em março de 2016 pelos crimes de corrupção ativa, estelionato e peculato. Deveria cumprir uma pena de 26 anos.

O ex-senador foi condenado por fraudes nas obras do Tribunal Regional do Trabalho do estado de São Paulo (TRT-SP). A sentença havia sido dada dez anos antes, em 2006.