Paula Coutinho
Do Mais Brasília

Sacola de roupas sujas não tem ligação com fuga de Lázaro Barbosa

Primeiros indícios mostram que não existem ligações entre os objetos e o foragido

Não são verdadeiras as informações sobre qualquer ligação de Lázaro Barbosa com uma sacola de roupas sujas que apareceu na manhã desta quarta-feira (23/6), dentro de um carro velho, estacionado junto à base operacional da polícia.

Segundo Paula Meotti, delegada que cuidou da ocorrência local, o material foi enviado imediatamente para a perícia, “mas os primeiros indícios mostram que não existem ligações entre os objetos (roupas e lençóis usados dentro de uma sacola vermelha) com o foragido.

Diariamente, no período de uma tarde, por exemplo, a polícia recebe mais de 300 ligações de pessoas que afirmam ter visto o serial killer do DF. A imensa quantidade de fake news e trotes pode ter fim hoje.

Ao menos é o que espera a polícia e o que garante Fernando Eduardo da Veiga, CEO de uma empresa de Santa Catarina, especializada em segurança tecnológica , que instalou nessa quarta-feira (23/6), a nova tecnologia que rastreia em um raio de 100 km e filtra fake news.

As buscas por Lázaro Barbosa entram hoje no décimo quinto dia.

Até agora, a perícia não deu informações de que o serrote, o lençol ou o carro incendiado, encontrados ontem (22/6), tivessem quaisquer ligações com Lázaro Barbosa.