Do Mais Brasília

DF registra quinta morte por dengue neste ano

De acordo com Boletim Epidemiológico, óbitos foram registrados em Ceilândia e Planaltina. Ao todo, a capital federal tem 5.629 casos prováveis da doença

Mosquito da dengue
Vigilância da saúde com a larva do mosquito Aedes aegypti. Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde (SES-DF) registrou a quinta morte por dengue no Distrito Federal. Três vítimas moravam em Ceilândia e duas em Planaltina. Em 2020, a pasta confirmou 22 óbitos pelo mosquito Aedes aegypti.

Desde janeiro foram notificados 5.629 casos prováveis de dengue no DF. Desse número, foram confirmados 61 casos da doença com sinais de alarme e sete graves. Mesmo com o aumento de notificações, houve uma queda de 81,5%, em comparação com o ano anterior, quando eram 30.467 registros.

Em relação às regiões administrativas com mais casos prováveis de dengue, estão Planaltina, com 1.255 ocorrências. Em seguida aparecem Ceilândia com 569 notificações; Sobradinho (557); Sobradinho II (438) e Paranoá (277). Segundo a Saúde, estas cinco cidades apresentaram 3.096 registros da doença, ou seja, 55% do total de casos na capital federal.

Ainda de acordo com o boletim, a região Norte apresentou a maior taxa de incidência, com 40,4%. Logo depois, aparece a região Sudoeste, com 13,8%. Atualmente, o Distrito Federal tem taxa de incidência por dengue de 184,40 casos por 100 mil habitantes.