Larissa Passos
Do Mais Brasília

Saúde estima vacinar 400 mil pessoas com segunda dose no DF

Vacinas da AstraZeneca e CoronaVac estão reservadas para aplicação em julho. Secretaria alerta população para completar imunização contra Covid-19

Saúde estima vacinar 400 mil com segunda dose
Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) estima vacinar 400 mil pessoas com a segunda dose (D2) contra a Covid-19, entre os meses de julho e agosto. Segundo a pasta, os imunizantes já estão reservados na Rede de Frio Central e não serão utilizados para aplicação da primeira dose (D1).

A SES-DF orienta a todos que receberam a primeira dose do imunizante contra o novo coronavírus na capital federal que vejam o cartão de vacina e se dirijam aos locais de vacinação nas datas indicadas.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, ressalta que o alcance de um público tão significativo nesse período deve ser creditado ao trabalho intenso e organizado dos profissionais de saúde da rede pública do Distrito Federal.

“Como as vacinas chegaram em uma quantidade mais relevante nos últimos dias, ficou comprovado que a secretaria tem planejamento adequado e profissionais qualificados para executarem o processo de vacinação com rapidez e qualidade”, acrescentou Okumoto.

Ele reforça que “é de extrema importância completar o ciclo vacinal, com as duas doses, para garantir a imunização contra a Covid-19. Os fabricantes da CoronaVac e da AstraZeneca recomendam a aplicação de duas doses respeitando os intervalos, então, temos que seguir o que é indicado e voltar aos pontos de vacinação”.

Mais doses

Atualmente, de acordo com a pasta, constam no estoque da Rede de Frio Central um total de 196.760 imunizantes para serem aplicados como segunda dose, sendo 16.220 de Coronavac e 180.540 mil de AstraZeneca.

Parte desse total chegou no dia 20 de junho, quando o DF recebeu 96.750 doses de AstraZeneca, todas destinadas para aplicação como D2. O quantitativo somou-se ao que já estava na Rede de Frio e vai dar sequência à vacinação de segunda dose para o mês de julho.

Em agosto, a previsão é aplicar 194.946 doses de D2, sendo que cerca de 37 mil são doses da Pfizer/BioNTech e o restante de AstraZeneca. Segundo a Saúde, esse número pode aumentar, a depender da chegada de mais doses da vacina CoronaVac em julho que, sendo aplicadas naquele mês, o reforço será administrado em agosto.

Intervalos

As três vacinas em uso no Distrito Federal são aplicadas em duas doses. Ainda não disponível no DF, apenas a da farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson, é administrada em dose única. A segunda dose deve ser aplicada no intervalo de até 28 dias no caso da CoronaVac/Butantan e de 12 semanas para AstraZeneca/Fiocruz e Pfizer/BioNTech.

Apelo

O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres, apelou às pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 que, no momento indicado, tomem a segunda dose, completando o ciclo de imunização.

Ao abrir, nesta terça-feira (22/6), a 12ª reunião da diretoria colegiada da agência, Torres também enfatizou a importância do uso de máscaras e das demais orientações das principais autoridades sanitárias mundiais, como o distanciamento social e a frequente e adequada higienização das mãos, segundo a Agência Brasil.