Da redação
Do Mais Brasília

Secretaria de Saúde estima aplicar 186 mil segundas doses em julho no DF

Rede de Frio Central possui 98.710 doses para garantir o reforço para aqueles que tomaram a primeira aplicação da vacina contra Covid-19

Dose da vacina contra covid-19
Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Em julho, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) prevê completar o esquema vacinal em cerca de 186 mil pessoas, onde a maioria receberá a segunda dose da vacina AstraZeneca. Hoje, a Rede de Frio Central possui 98.710 doses para garantir o reforço para aqueles que tomaram a primeira aplicação contra a Covid-19.

No DF, segundo a pasta, as doses reservadas para segunda aplicação não serão utilizadas para a primeira dose, como alguns municípios brasileiros fizeram e enfrentaram falta de imunizantes para vacinar a população que retornou aos postos.

“É essencial que o esquema vacinal esteja completo para que a eficácia da vacina seja conferida. Os indivíduos que não recebem as duas doses não possuem a devida proteção. Isso é válido para todas as vacinas que possuem esquemas de mais de uma dose”, destaca o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

As três vacinas atualmente em uso no Distrito Federal são aplicadas em duas doses. Ainda não disponível no Brasil, apenas a da farmacêutica Janssen, empresa do grupo Johnson & Johnson, prevista para chegar nesta semana, é administrada em dose única.

A Saúde do DF explica que a segunda dose contra a Covid-19 deve ser aplicada no intervalo de até 28 dias no caso da CoronaVac e de 12 semanas para AstraZeneca e Pfizer/BioNTech.

Cuidados com a saúde

A Secretaria de Saúde orienta que as pessoas que receberam a primeira dose, compareçam a um posto de vacinação, na data marcada no cartão, sem necessidade de agendamento. Conforme a pasta, mesmo tendo perdido o prazo, as pessoas devem procurar os pontos de atendimento para completar o esquema vacinal.

Mesmo após finalizar o ciclo das duas doses, a SES ressalta que é preciso manter a rotina de cuidados contra a Covid-19. Os imunizados devem manter o distanciamento social, uso de máscara e higienização constante das mãos.

Os estabelecimentos comerciais também devem seguir as orientações sanitárias vigentes para garantir segurança para os funcionários e clientes, como oferecer álcool em gel, medir a temperatura e outras orientações técnicas no combate ao novo coronavírus.